Jack Canfield Revela o Maior Segredo do Sucesso

Facebook
Twitter
WhatsApp
jack canfield jessica denz the secret joga pro universo

Confira a Entrevista Completa com Jack Canfield, Diretamente de Sua Casa na Califórnia

Nessa última semana tive a honra em entrevistar Jack Canfield, uma das estrelas de “O Segredo”, diretamente de sua casa em Santa Barbara – Califórnia (2022).

No vídeo o autor conta para o público brasileiro que acompanha o canal “Joga Pro Universo | Jéssica Denz” os bastidores daquilo que ele fez para se tornar multimilionário.

Além disso, também revela qual o maior segredo do sucesso em todas as áreas desejadas, como qualquer pessoa pode implementar essas dicas e transformar a vida de forma excepcional.

Aprenda diretamente com o mestre Jack Canfield e conquiste uma vida abundante através do poder da sua mente!

Tenho certeza que essa entrevista vai mudar sua relação com a lei da atração para muito melhor, e lhe auxiliará a encontrar todas as respostas que tanto busca para ter sucesso na vida.

 

Entrevistando Jack Canfield

Jéssica Denz:Bem, em primeiro lugar, estou muito feliz por estar aqui na sua casa, Jack. 

Jack Canfield:Obrigado! 

Jéssica Denz:Eu realmente acredito que o Universo cria essa sincronicidade e faz as coisas acontecerem.

Então, para mim, é um privilégio, e eu me sinto verdadeiramente abençoada do fundo do meu coração por ter essa oportunidade!

E agora poder compartilhar com nossa comunidade brasileira através do “Joga Pro Universo”, e todos os nossos seguidores e inscritos que estão aqui diariamente ouvindo nossas ideias e implementando-as em suas vidas…

Porque aqui, compartilhamos ideias para tornar sua vida extraordinária.

Então, Jack, eu tenho algumas perguntas para você, e acho que nosso público vai adorar ouvi-las.

Acho que vou começar assim:

Primeira Pergunta

Se você tivesse que começar tudo de novo no mundo de hoje, sem nada. Imagine só se você tivesse perdido todos os seus contatos, se fossem retirados, todos os seus relacionamentos, todas as suas conexões. E você tem cerca de 18 anos. Por onde você começaria e o que faria para reconstruir a vida que tem hoje? 

Jack Canfield:Bem, 18 eu teria acabado de terminar o ensino médio, então…

Para mim não iniciou até eu sair da faculdade.

O que eu decidi fazer foi… Eu acho que todos deveriam decidir “o que você quer experimentar na vida”, sabe?

E pode até ser que você siga uma direção errada, mas pelo menos comece algo.

Todo sucesso começa com o desejo de algo que você quer experimentar, ter, ser ou fazer.

E então eu acho que uma vez que eu decidisse isso, eu iria buscar um mentor, alguém que eu acho que já alcançou muito daquilo que eu estou buscando conquistar, e eu perguntaria se ele poderia ser meu mentor.

Eu perguntaria quais livros eu deveria ler, eu perguntaria qual treinamento eu deveria fazer; talvez aprender que processo de meditação eles segue, se eles fazem isso…

E apenas me colocar em suas mãos, se você quiser, porque eles já alcançaram o que eu quero.

O que na verdade é exatamente o que eu fiz.

Eu encontrei um mentor que valia 600 milhões de dólares, e eu ainda estava na pós-graduação estudando para ser um professor do ensino médio.

Então, eu ainda sou um professor, mas com P maiúsculo ao invés de ser um professor do ensino médio.

E então eu recomendaria, você sabe, decida o que você quer e acredite que você pode conseguir.

Porque muitas pessoas não acreditam que elas podem alcançar o que querem.

Então você tem que acreditar, e acreditar que é apenas uma escolha.

Você escolhe acreditar que pode fazer isso.

Essa crença, quando você a possui, ela aumenta a sua confiança para seguir em frente.

E então eu faria o trabalho, eu iniciaria as leituras, eu aplicaria.

Eu u sempre falo sobre algo chamado “prateleira da auto-estima”.

Você pode ter muitos livros em sua estante, mas se você não colocá-los em ação, eles não funcionarão.

Então, eu faria isso também. E eu também correria mais riscos.

Acho que quando comecei, eu tinha medo de perder, tinha medo de falhar.

E hoje eu aprendi que você só tem sucesso quando se arrisca.

Se você quer ganhar muito, você tem que arriscar muito. Então essas seriam as coisas que eu faria. 

Jéssica Denz:Ótimo!

E depois de 2020, sabemos que muitas pessoas estão sofrendo na vida, muitas pessoas passando dificuldades financeiramente, fisicamente, mentalmente e, às vezes, nem conseguem ver a luz no fim do túnel.

Então, eu sei que todos nós passamos por algumas lutas, mas acredito que isso nos torna mais fortes.

E minha pergunta é:

Segunda Pergunta:

Em sua vida, qual foi a lição mais difícil que você teve que aprender mas que acabou sendo a mais valiosa? 

Jack Canfield:Bem, eu acho que eu cresci assim… Quando eu fui para a faculdade, meu Pai disse:

“Se você precisar de uma mão amiga, olhe para a ponta do seu próprio braço”.

Porque essa era a maneira dele de dizer: “Não há dinheiro aqui para você; nós não vamos te sustentar; você está por sua conta agora”.

Então eu meio que assumi literalmente, que é como se fosse isso que eu deveria fazer, que eu deveria fazer tudo sozinho.

E foram muitos, muitos anos depois passando por dificuldades que percebi que eu poderia pedir ajuda às pessoas, que eu poderia pedir dinheiro às pessoas, que eu poderia pedir às pessoas que me orientassem e assim por diante.

Então eu acho que a coisa mais difícil para mim foi aprender que, se eu estivesse pedindo, não significa que eu estava sendo fraco.

E isso foi realmente difícil para mim.

Eu acho, você sabe, como resultado disso, eu acabei escrevendo um livro chamado “O Fator Aladdin” porque, você sabe, o gênio aparece e ele diz:

“Me faça três pedidos” e, literalmente, foi um grande avanço na minha vida que fez com que tudo mudasse. 

Jéssica Denz:Isso é ótimo! E aqui… Eu realmente gosto muito de um de seus livros, “Os Princípios do Sucesso”.

E também com este livro, as pessoas passaram a lhe conhecer como o “Treinador de Sucesso Número Um dos Estados Unidos”!

Quando eu vi isso e li os princípios, isso meio que me fez me movimentar e tomar minhas ações para mudar minha vida; e me mudar para este novo país e construir uma vida totalmente diferente, e estar aqui agora.

Então, seus princípios incríveis contidos por lá, Jack, eles podem nos ajudar a criar a vida que queremos viver…

Terceira Pergunta:

Mas dentre todos eles, qual deles você acha que é o mais importante princípio do sucesso? 

Jack Canfield:Bem, eu acho que eles são todos importantes, mas eu diria que um que eu acho que é realmente importante é chamado de “perguntar para dentro”.

Você sabe, eu falei sobre pedir, sobre aprender a pedir apoio às pessoas.

E o que eu finalmente aprendi foi que, a quem eu realmente preciso perguntar é a minha própria orientação interior.

Buscar minha própria intuição, meu próprio acesso a um poder superior, se você quiser chamar dessa forma.

E assim, através da meditação, aprendendo a usar minha intuição, aprendendo a aquietar minha mente, e não ter todo o barulho e distrações do mundo exterior; desenvolvendo uma prática de sintonia todos os dias…

Isso é outra coisa que literalmente mudou minha vida.

E eu acho que se você está sendo acompanhado por um mentor – e todos nós dizemos coisas valiosas para as pessoas – mas se ele não está lhe ensinando a buscar as respostas dentro de si, então você não está conseguindo o que realmente precisa.

Porque, basicamente, as melhores respostas para tudo na vida já existem dentro de você; seu subconsciente, seu inconsciente superior, o que quer que seja.

Só para dar um exemplo, lembro que escrevemos o livro “Canja de Galinha para a Alma”.

Nós tínhamos esse ótimo livro, mas não tínhamos um título.

E então eu disse ao meu sócio: “Vamos meditar todos os dias e pedir um título para a Força Superior”.

Você sabe, se você quiser chamá-lo de Deus, fonte de energia, você sabe, inteligência universal, o que quer que seja…

E literalmente no primeiro dia, nada aconteceu.

No segundo dia também…

Então fizemos por uma hora todos os dias.

No terceiro dia, vi essa mão sair da mente e escrever “Canja de Galinha” em uma lousa, como na escola.

E eu pensei: “Isso não faz nenhum sentido”.

Então eu disse ao que eu considerava Deus na época, eu disse: “O que a canja de galinha tem a ver com este livro?”.

E a voz que voltou dizia: “Quando você estava doente quando criança, sua avó lhe dava canja de galinha”.

É como se fosse um grande alimento de cura, sabe?

Eu disse: “Mas isso não é sobre pessoas doentes”

E essa voz dizia: “Mas o espírito das pessoas está doente. Elas estão vivendo em resignação, desesperança e medo”.

Isso foi durante a grande recessão que tivemos em 93.

E então eu pensei: “Canja de Galinha para o Espírito; Canja de Galinha para a Alma”

Então eu fiquei todo arrepiado!

Porque quando minha intuição fala comigo, quando me conecto, eu fico arrepiado.

Essa é uma das maneiras que eu sei que estou no caminho certo.

Então eu disse à minha esposa, ela ficou toda animada; contei ao Mark Victor Hanson, meu co-autor, ele ficou animado; disse ao meu editor, ao meu agente, todos nós ficamos animados e fomos a Nova York.

Tivemos 21 reuniões e ninguém ficou animado lá, nós fomos os únicos com os arrepios.

Mas perseveramos e acho que foi a 144ª pessoa com quem conversamos e que disse: “Vamos publicar seu livro”.

Ele vendeu 10 milhões de cópias nos dois primeiros anos, a série agora tem 200 títulos dentro da marca, e isso me tornou um multimilionário.

Então, novamente, buscando dentro de si para encontrar as respostas: “Qual é a coisa certa a fazer? Qual é a coisa certa a se dizer? Devo seguir em frente com isso? Devo agir de que maneira?”.

Então eu acho que isso é provavelmente a coisa mais importante.

É aprender a confiar em si mesmo. 

Jéssica Denz:Hoje em dia, há muitas pessoas que estão procurando, procurando fora pelas respostas, e pensam que a pequena voz que ouvem não é nada demais, que elas devam acreditar mais no que as outras pessoas dizem do que nelas mesmas…

E tenho certeza de que existem métodos ou técnicas, algo para melhorar ou ouvir melhor sua intuição. E estou muito animada!

Eu estou muito animada com as coisas que virão em breve! 

Jack Canfield:Então, sim, sim. Temos um curso inteiro agora que estamos desenvolvendo, ele será lançado muito em breve para que as pessoas possam participar, e lá vamos ensinar todas as técnicas que eu uso e que ensino ao meu círculo interno de alunos, que transformaram radicalmente a minha vida e a vida deles também. 

Jéssica Denz:Eu acredito, porque eu sigo a maioria das suas ideias e as apliquei na minha vida… E olhe, agora eu estou aqui na sua casa! 

Jack Canfield:Você está aqui!!! 

[00:09:00] Então, se vocês do Joga Pro Universo querem fazer um desafio em sua vida, querem aprender a ouvir sua voz interior, ou seguir melhor sua intuição… Então fiquem aqui no nosso canal porque tenho novidades na próxima semana. Muito obrigado Jack por esta entrevista e por me receber aqui… Minha primeira entrevista em inglês para o canal!

[00:09:21] Imagina… Obrigado! 

[00:09:22] Obrigada!

[00:09:22] E isso aí!

Facebook
Twitter
WhatsApp

Download Gratuito do Cheque Mágico

Insira suas informações abaixo para receber seu “Cheque de Abundância do Universo” grátis

"Eu mesmo fiz um cheque de dez milhões de dólares por serviços de atuação prestados, e datado para descontar no feriado de Ação de Graças de 1995. Coloquei na carteira e ali ele ficou. E então, pouco antes do Dia de Ação de Graças de 1995, descobri que ganharia dez milhões de dólares pelo filme "Debi & Loide". Coloquei aquele cheque no caixão com meu Pai porque aquele era o nosso sonho, juntos."
Jim Carey
Ator de Hollywood